Apoie o Programa e seus projetos

Colorido
Agência: 0265
C/C: 61698-7

PIX

Chave CNPJ 64.032.584/0001-60

FAVORECIDO:

Associação Brasileira de Incentivo e Apoio ao Homem – CNPJ 64.032.584/0001-60

Colorido
Agência: 3010-4
C/C: 141900-5
Agência: 3894
C/C: 13001270-8
Agência: 0201
C/C: 1165-4 OP. 003
Agência: 1125-8
C/C: 59000-2
Agência: 9218
C/C: 651009

FAVORECIDO:

Junta de Missões Mundiais da Convenção Batista Brasileiro – CNPJ 34.111.088/0001-30

América do Sul

Ano de início: 2011

Coordenadora nacional:
Graziela Alencastro

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Bairros pobres, mães analfabetas, crianças fora da escola, círculo vicioso de pobreza, e desnutrição infantil.

Objetivos e o que tem sido realizado:

  1. Alcançar as crianças em idade pré-escolar e suas famílias com o Evangelho de maneira integral.
  2. Compartilhar o ensino da Bíblia com crianças e suas famílias.
  3. Expressar o amor de Deus de uma maneira prática (comida/roupas em geral/oficinas e cursos de treinamento/visitas às crianças em suas casas).

Metas para 2020:

  1. Estabelecer novas unidades de PEPE na Argentina
  2.  Ter 30 unidades de PEPE em funcionamento.

Ano de início: 2005

Coordenadora nacional: Kátia Arredondo Hipamo

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Segundo a UNICEF, em 2021, quase 3 milhões de crianças bolivianas deixaram de frequentar a escola devido à emergência sanitária. Temos então a oportunidade de alcançar essas crianças em situação de vulnerabilidade social e com falta de acesso à educação pré-escolar. Temos a oportunidade de trabalhar lado a lado com igrejas que amam as crianças e ansiosas por atuar através do PEPE para que outras pessoas conheçam Jesus.

Objetivos:

1. Incentivar os líderes das igrejas a promover o trabalho missionário evangelístico.
2. Vincular a abertura de novas unidades do PEPE ao processo de plantação de igrejas.
3. Fortalecimento das igrejas por meio do Programa PEPE na comunidade.

Metas para 2023:
1. Abrir 6 novas unidades de PEPE’s em todo país.
2. Ter material pedagógico atualizado que possa ser usado em todo o país.
3. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial.
4. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
5. Ter 5 unidades acompanhando diretamente as crianças, através do cuidado nutricional e de saúde.
6. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
7. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2011

Coordenadora nacional: Maria Amélia Sepúlveda García

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Expandir o reino de Deus por meio da experiência do Programa PEPE no Chile, em Unidades Educacionais, Projetos de Melhoria da Infância, Lares Infantis, Igrejas e Missões, levando esperança ao coração das crianças, compartilhando e vivendo a mensagem de amor de nosso Pai Celestial.

Objetivos:

1. Preparar, selecionar e construir material educacional de qualidade para apoiar os parceiros na formação de valores cristãos para crianças e suas famílias.
2. Entregar materiais de ensino (em diferentes formatos) para apoiar missionários-educadores, fortalecendo através de capacitações continuadas, suporte online e criação de novos materiais de ensino.
3. Fortalecer o trabalho com os pais e responsáveis pelas crianças nas diferentes unidades do PEPE.
4. Gerar redes de apoio para atender algumas das necessidades econômico-materiais das crianças e suas famílias.
5. Realizar atividades de extensão na formação de professores infantis em Unidades Educacionais e Igrejas.

Metas para 2023:

1. Promover a utilização de recursos pedagógicos nacionais e internacionais do PEPE, incluindo materiais de apoio musical, em pelo menos 90% das unidades.
2. Visitar 10 igrejas e oferecer oficinas de capacitações que lhes permitem melhorar seu trabalho com as crianças.
3. Fortalecer o trabalho com os pais e responsáveis pelas crianças em 90% das unidades do PEPE.
4. Realizar 2 congressos nacionais para fortalecer a equipe nacional.
5. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 40% das unidades.
6. Ter 90% das unidades fazendo o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
7. Abrir 8 novas unidades de PEPES em todo país.
8. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
9. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2005

Coordenadora nacional: Adalci de Ávila Angulo

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Colômbia é um país com muitas regiões com grande pobreza, onde as crianças na idade pré-escolar não têm oportunidade de aprendizagem, como nas comunidades indígenas wiwa, koguis e outras etnias. O PEPE chegou para dar as crianças uma nova oportunidade de receber um cuidado integral e abrir portas para um futuro.

Objetivos:

1. O cuidado e a segurança das crianças e suas famílias
2. Que as famílias das crianças possam conhecer e viver o amor de Deus.
3. Buscar recursos e acordos para a alimentação e educação das crianças, principalmente de comunidades indígenas.
4. Abrir oportunidades de estudos e melhoria de vida na área educacional aos missionários-educadores.

Metas para 2023:

1. Abrir 10 novas unidades de PEPES em todo país.
2. Implantar refeitórios populares em 80% dos PEPE’s devido à situação precária vivida pelos pais das crianças nos programas, principalmente as de comunidades indígenas.
3. Iniciar 4 unidades do PEPE entrando em novos grupos étnicos, entre eles: Arhuacos.
4. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
5. Realizar 2 congressos nacionais para fortalecer a equipe nacional.
6. Implementar projeto de prevenção nutrição em pelo menos 60% das unidades.
8. Realizar uma campanha a nível nacional para proporcionar calçados e material escolar para 300 crianças do programa PEPE, em especial na área indígena.
9. Proporcionar, através de parcerias, meia bolsa de estudo para que 15 novos missionários-educadores possam estudar um bacharelado na primeira infância.
10. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
11. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2006

Coordenadora nacional: Angélica MaríaMarcillo Gutiérrez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Uma grande oportunidade de desenvolver o PEPE como um projeto transformador de vidas para crianças de baixa renda, orientar os pais a ter uma melhor qualidade de vida, fortalecer pequenas igrejas e contribuir para a abertura de novas igrejas.

Objetivos:

1. Orientar os coordenadores a cumprir os procedimentos do plano estratégico do PEPE Internacional.
2. Implementar padrões de atuação em todas as unidades do PEPE.
3. Implementar uma proposta de treinamento de missionários-educadores para uma Educação Inclusiva.

Metas para 2023:

1. Utilizar materiais educativos do PEPE que atinjam pelo menos 70% das unidades, incorporando vídeos online à nova modalidade utilizada pelos ME’s por meio do WhatsApp e Zoom, garantindo um bom ensino para a criança.
2. Assegurar o conhecimento dos objetivos do PEPE, formar ME’s profissionais e não profissionais, cumprindo às 48 horas de formação básica.
3. Abra 6 novas unidades PEPE em todo o país.
4. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial.
5. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
6. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 30% das unidades.
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2002

Coordenador nacional: Enrique Javier Galarza Guerrero

Motivação para o desenvolvimento do Programa: A educação paraguaia vive uma crise prolongada que coloca o país entre os piores do mundo em educação (ONAC-PY). O Paraguai apresenta um quadro de 11% de crianças em estado de desnutrição e fome. O PEPE chegou justamente para atender as crianças em situação de vulnerabilidade e pobreza nas capitais e interior do país, dando atenção às famílias analfabetas.

Objetivos:

1. Reorganizar o ensino através de meios virtuais para continuar desenvolvendo atividades com as crianças.
2. Abertura de unidades de PEPE em diferentes setores das comunidades empobrecidas.
3. Oferecer saúde e nutrição adequadas para alcançar melhores índices acadêmicos e de bem-estar.

Metas para 2023:

1. Mudanças e adequações no sistema educacional em 100% das unidades para se adequar às diretrizes do MEC.
2. Promover a formação de pelo menos 70% dos missionários-educadores para a elaboração de projetos que abençoem crianças, projetos relacionados à alimentação, proteção e saúde.
3. Organizar uma plataforma virtual para a realização de congressos anuais com a equipe nacional sobre a era digital e a educação.
4. Abrir 12 novas unidades do PEPE em todo o país, priorizando cidades e/ou departamentos onde ainda não estamos presentes.
5. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
6. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 60% das unidades.
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2002

Coordenadora nacional: Clorinda Alberca Rodríguez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Como consequência da chegada da Pandemia, estima-se que cerca de 300 mil meninos e meninas deixaram de estudar em 2020. No Peru, no planalto e na selva, há um alto índice de pobreza e desnutrição. As igrejas precisam ser estimuladas para alcançar as crianças e suas famílias.

Objetivos:

1. Capacitar as missionárias-educadoras profissionais e não profissionais na formação inicial.
2. Desafiar as igrejas a trabalhar com o Programa PEPE para servir as crianças.
3. Continuar apresentando a proposta do PEPE aos pastores locais.

Metas para 2023:

1. Realizar o programa de treinamento contínuo para missionárias-educadoras em 90% das unidades.
2. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
3. Apoiar criação de cozinhas comunitárias para atender 3% das comunidades onde as unidades de PEPE estão inseridas.
4. Abrir 10 novas unidades do PEPE em todo o país, priorizando 3 cidades e/ou departamentos onde ainda não estamos presentes.
5. Complementar a educação proporcionando serviços de saúde, nutrição, proteção e educação e, pelo menos, 50% das unidades.
6. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
7. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2015

Coordenadora nacional: Ruth Saraid Cordero Orellana

Motivação para o desenvolvimento do Programa: A situação das crianças em vulnerabilidade, o momento crítico de grandes necessidades e deficiências sociais, a extrema pobreza, e o desejo da Igreja de cuidar das crianças e dar a elas a oportunidade de educação e de alimentação.

Objetivos:

1. Implementar um plano para aumentar a consciência entre os líderes sobre a responsabilidade missionária da igreja.
2. Programa de alimentação e capacitação para missionários-educadores.
3. Promover ações de defesa dos direitos da criança em 100% das unidades das igrejas que desenvolvem o PEPE.
4. Por meio dos coordenadores de área, treinar 100% das igrejas parceiras para a realização do PEPE VAI.

Metas para 2023:

1. Início do projeto piloto de geração de renda em conjunto com o Comitê de Desenvolvimento da Igreja para obtenção de lanches de 80% unidades do PEPE.
2. Implementar o Programa PEPE em 90% dos estados do país (faltam 6 estados para alcançar).
3. Abrir 12 novas unidades do PEPE em todo o país.
4. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial.
5. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 80% das unidades.
6. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

América Central

Ano de início: 2014

Coordenadora nacional: Verônica Carolina Torrento de Cortez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Uma motivação é a necessidade da população salvadorenha de um programa que leve em consideração a criança e deixe de vê-la como objeto, mas sim como sujeito. Ao vê-los como objetos, apenas um esforço mínimo é feito para entretê-los e não os integrar. Isso faz com que a criança seja usada por gangues desde tenra idade, destruindo assim seu futuro de sucesso. Outra motivação é o círculo vicioso da pobreza, onde não existem maiores oportunidades para as crianças devido ao seu pouco ou nenhum preparo, ao educá-las de forma abrangente, têm as ferramentas necessárias para se defenderem na vida, construindo e desenvolvendo desde cedo a sua primeira infância.

Objetivos:

1. Participação das igrejas no desenvolvimento integral das crianças.
2. Melhorar os padrões educacionais seculares e espirituais das crianças que fazem parte do projeto PEPE.
3. Superar os níveis de desnutrição das crianças beneficiadas pelo projeto PEPE, fortalecendo a parceria com a CONVOY OF HOPE no controle de crianças saudáveis, acompanhando o grupo de nutricionistas e médicos.
4. Fortalecer parcerias com ONG’s ou centros de saúde bucal para realizar jornadas de atendimento a todas as crianças.

Metas para 2023:

1. Orientar 100% das igrejas para manter a parceria feita com CONVOY OF HOPE para a doação de alimentos para as unidades do PEPE.
2. Promover o treinamento de 80% dos missionários-educadores para realizarem atividades com as crianças, com propostas e materiais simples, de acordo com o currículo nacional, a fim de que se desenvolvam profissionalmente para melhor ensinar as crianças com base nas novas tecnologias.
3. Garantir a implementação do Comitê de Pais em 100% das unidades do PEPE.
4. Abrir 12 novas unidades do PEPE em todo o país.
5. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial, e 2 jornadas de oração.
5. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 90% das unidades.
6. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
7. Promover o programa de desenvolvimento comunitário e fazer com que ele seja realizado em 30% das unidades.
8. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
9. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2014

Coordenadora nacional: Nora Mendoza

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Em média, uma criança guatemalteca frequenta a escola por 6 anos, e logo abandona por não ter recursos para continuar os estudos ou por precisar trabalhar para apoiar a familiar (Plaza Publica). A falta de atenção às crianças na cidade e nas etnias, e a falta de escolas para as crianças em idade pré-escolar, o que as levava a permanecer nas ruas, muitas vezes se envolvendo com gangues de criminosos, nos impactou e motivou para implantar o programa PEPE e ajudar as crianças, abrindo portas para um futuro promissor.

Objetivos:

1. Atendimento acadêmico às crianças em idade pré-escolar.
2. Atendimento médico e vacinação para proteger as crianças contra doenças.
3. Atendimento nutricional: várias igrejas oferecendo café da manhã e lanches para as crianças.

Metas para 2023:

1. Fazer o diagnóstico da situação de 4 novos estados dentro do país para fortalecer o trabalho após a covid-19.
2. Buscar alianças com diferentes organizações para apoiar 30% das unidades do PEPE na área da saúde, fortalecendo o POPE a nível nacional.
3. Promover o treinamento de missionários-educadores em atividades com propostas e materiais simples, de acordo com o currículo nacional.
4. Abrir 9 novas unidades do PEPE em todo o país.
5. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 70% das unidades.
6. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2017

Coordenadora nacional: Vilma Alejandra Milla Paz

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Considerado um dos países mais pobres do continente, as crianças das áreas mais vulneráveis e perigosas não têm acesso à educação pré-escolar. O PEPE trouxe esperança a essas crianças, com um ensino completamente baseado no currículo nacional básico e nos princípios bíblicos e cristãos para dar esperança aos corações feridos. O PEPE Honduras tem todos os requisitos que o Ministério da Educação exige e suas unidades são parabenizadas pelo desenvolvimento intelectual e pela boa preparação que as crianças têm tido.

Objetivos:

1. Uma educação de qualidade, com princípios cristãos, levando esperança para crianças em risco social nas áreas mais pobres do país.
2. Maior crescimento das igrejas pela conversão das famílias dos alunos.
3. Fortalecimento da educação cristã nas igrejas que fazem parte do projeto.

Metas para 2023:

1. Monitore o trabalho educacional com 100% dos missionários educadores para alcançar os objetivos educacionais e de ensino para o ano escolar.
2. Comunicação constante com 80% dos pais das crianças para apoiá-los enviando, via WhatsApp/zoom, vídeos evangelísticos de apoio ao PEPE VAI, e devocionais familiares.
3. Proporcionar recursos e materiais didáticos para crianças que não têm acesso a tecnologia, telefone, entre outros.
4. Abrir 4 novas unidades PEPE em todo o país.
5. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial.
6. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 60% das unidades.
7. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
8. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
9. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2014

Coordenadora nacional: Bertha Elvira Salgado Rodríguez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Com a chegada da pandemia, 4.8 milhões de crianças na pré-escola estão sem acesso à educação. O PEPE está para fortalecer o ministério infantil nas igrejas, promovendo um impacto social nas comunidades onde as igrejas estão localizadas. Dar a oportunidade de uma melhor educação a centenas de crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social em diferentes cidades e regiões.

Objetivos:

1. Continuar com o esforço do PEPE para fazer parte da Convenção Nacional Batista do México.
2. Prover materiais educacionais para as unidades de acordo com o currículo nacional e sua distribuição física e digital.
3. Fornecer cuidados abrangentes para crianças em idade pré-escolar e desenhar um programa para cuidar de irmãos mais velhos de crianças em idade primária, para um maior alcance na família.

Metas para 2023:

1. Abrir 6 novas unidades PEPE em todo o país, alcançando comunidades indígenas.
2. Realizar a formação contínua com 80% dos missionários educadores.
3. Fortalecer a promoção do PEPE no México por meio de redes sociais realizando 10 visitas às igrejas locais no momento apropriado.
4. Realizar 2 congressos do PEPE, online ou presencial.
5. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e o PEPE VAI.
6. Reabrir 2 unidades fechadas devido à pandemia.
7. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2014

Coordenadora nacional: Sandra LizethDetrinidad López

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Apesar de ser o maior país da América Central e rico em recursos naturais, a Nicarágua é o segundo país mais pobre da América Latina. O PEPE chegou para fortalecer as igrejas, prestar serviço às comunidades do entorno dos templos, dar atenção educacional às crianças e levar o evangelho aos moradores das comunidades.

Objetivos:

1. Servir de maneira prática aos moradores de comunidades de baixa renda, proporcionando educação inicial às crianças.
2. Levar o evangelho às pessoas da comunidade e às crianças.
3. Projeção e crescimento da igreja.

Metas para 2023:

1. Fortalecer o PEPE-VAI virtual, através de treinamentos e formação das missionárias-educadoras em 90% das unidades.
2. Promover a implementação de 6 novas unidades do PEPE focadas na abertura de novos campos missionários e/ou igrejas.
3. Executar plano de treinamento contínuo para 90% dos missionários-educadores.
4. Promover programa de desenvolvimento comunitário e ter o programa sendo realizado em 30% das unidades.
5. Abrir 8 novas unidades do PEPE em todo o país.
6. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE).
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2015

Coordenadora nacional: BelénPeñafiel de Francis

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Como resultado da pandemia, muitos centros de atenção a primeira infância, e muitos pré-escolares, foram fechados. Por isso o PEPE é de vital importância para dar a cada criança panamenha a oportunidade de receber um cuidado integral, ao mesmo tempo em que as igrejas parceiras estarão com as portas abertas para a evangelização da criança e dos seus familiares.

Objetivos:

1. Evangelização da primeira infância: as crianças aprendem histórias e textos bíblicos.
2. Alcançar as famílias: Os pais ou responsáveis pelas crianças expressam que se aproximam de Deus através das crianças que oram e compartilham as histórias e os textos bíblicos aprendidos.
3. Testemunho das igrejas: a comunidade expressa o bom testemunho das igrejas pela atenção e serviço prestados às crianças.
4. Acompanhamento das temáticas ministradas às crianças de forma a unificar o plano nacional de educação do PEPE.

Metas para 2023:

1. Manter e melhorar a comunicação com 100% dos missionários-educadores através das redes sociais e plataformas.
2. Implementar e consolidar o PEPE-VAI presencial e/ou virtual em 90% das unidades.
3. Abrir 6 novas unidades do PEPE em todo o país.
4. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE).
5. Implementar projeto de prevenção de saúde e nutrição em pelo menos 90% das unidades.
6. Promover o programa de desenvolvimento comunitário e fazer com que ele seja realizado em 30% das unidades.
7. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
8. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.

Ano de início: 2010

Coordenadora nacional: Juana Tereza Mora Rodríguez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Na República Dominicana, uma ilha da região caribenha, há muitas crianças com idade entre 4 e 5 anos que não frequentam a escola, perdendo a experiência da educação inicial. A maioria das escolas para essa idade é privada e cara. Como os edifícios dos templos são pouco utilizados, vimos a possibilidade de abençoar as crianças através das igrejas, instalando uma unidade do PEPE para que assim as famílias humildes fossem beneficiadas. O PEPE tem sido uma boa ferramenta evangelística para as comunidades.

Objetivos:

1. Educacional: Estar no nível de atuação exigido pelo PEPE e pelo Ministério da Educação, inserindo mais de 1.000 crianças no nível educacional nacional.
2. Social: Integrar a comunidade ao projeto PEPE, tornando a igreja conhecida e relevante. Oferecer apoio e ajuda comunitária, incluindo atendimento médico, palestras educacionais e treinamento dos pais.
3. Missionário: Conseguir que as crianças levem o evangelho para casa, instruindo suas famílias em oração e respeito a Deus. Dar a oportunidade a muitos membros das igrejas para desenvolverem a chamada missionaria, trabalhando diretamente no PEPE local.

Metas para 2023:

1. Expandir o PEPE para 4 novas cidades do país.
2. Abrir 8 novas unidades do PEPE em todo o país.
3. Reabrir 4 unidades fechadas devido à pandemia.
4. Realizar trabalhos de excelência operacional em 50% das unidades do PEPE em 2022 e em 70% das unidades em 2023.
5. Realizar a formação continuada com 90% dos missionários educadores.
6. Estabelecer 2 novas parcerias para obter recursos para o PEPE.
7. Implementar ações que promovam o desenvolvimento comunitário em 30% das comunidades onde tiver uma unidade de PEPE.
8. Ter 90% das unidades realizando o programa de odontologia (POPE) e PEPE VAI.
9. Implantar projeto de prevenção à saúde e nutrição em pelo menos 50% das unidades.

África Austral

Ano de início: 2011

Coordenadora Nacional: Vanessa Patience

Motivação para o desenvolvimento do Programa: grande número de crianças em situação de vulnerabilidade social e sem acesso à educação infantil em comunidades carentes. O ensino pré-escolar é realmente caro, e não é qualquer criança que tem acesso. E muitas famílias não têm condições financeiras para que suas crianças tenham acesso. É por essa razão que o PEPE é uma oportunidade para as famílias e as crianças.

Objetivos:

1. Expandir o projeto para mais igrejas nas províncias onde já está presente em novas.
2. Consolidar a visão missional: fortalecer e implantar novas igrejas com base no PEPE.
3. Treinar ou formar a equipe de missionários educadores.
4. Treinar líderes e pastores de igrejas.
5. Formar parcerias com organizações afins.
6. Implementar os projetos complementares de PEPE.

Metas até 2023:

1. Implantar mais 3 unidades novas.
2. Alcançar mais 45 crianças.
3. Alcançar mais 10 missionários educadores.
4. Visitar todas as crianças inscritas em cada ano.
5. Realizar 3 palestras sobre defesa de direitos das crianças por ano.
6. Discutir com todas as unidades sobre projetos de geração de renda e sustentabilidade

Ano do início: 2004

Coordenador nacional: Manuel Wafumbua

Motivação para o desenvolvimento do programa:
O elevado número de crianças em situação de vulnerabilidade social e sem acesso à educação infantil nas comunidades empobrecidas(suburbanas e zonas rurais).
Desnutrição das crianças por causa da seca e da fome no Sul do País, nomeadamente nas províncias da Huila, Cunene, Cuando Cubango, Lunda Norte e Lunda Sul, Bie, e Huambo.
A fuga a Paternidade é uma das causas de muitas crianças viverem sob a violência, maus tratos, tráfico de menores.

Objetivos

Consolidar as Visitas e Apoio integral às famílias das crianças (PEPE-VAI) em todas as unidades.
Implementar o PEPE em novas igrejas interessadas que já estão em nossa lista.
Capacitar a equipe da coordenação e missionários educadores de forma contínua.
Viabilizar a implementação de projectos complementares.
Expandir o programa em novas áreas.

Metas até 2023

Alcançar o nível básico dos padrões de atuação em todas as unidades.
Aumentar mais 20 unidades até 2023.
Viabilizar a implantação de pelo menos 2 igrejas através do PEPE.
Visitar ao menos 90% das crianças inscritas por ano.
Capacitar anualmente 100 líderes das igrejas.
Implementar os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
Viabilizar através de palestras a implementação de projeto de sustentabilidade em 1 comunidade por ano.
Termos um programa de oração mensal consolidado até 2023.

Ano de início: 2001

Coordenador Nacional: Antonio Daniel Chiro

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Há dificuldade de acesso à Educação de grande parte da população infantil das comunidades e aldeias e a desnutrição crônica constituem desafios a nível nacional, e mais acentuadamente em crianças em idade pré-escolar.

Objetivos:

1. Orientar a implementação dos padrões de atuação do PEPE a nível nacional com enfoque na higiene de forma contínua.
2. Capacitar a equipe do PEPE a nível nacional.
3. Realizar ações contínuas para o desenvolvimento das comunidades.
4. Implementar o Projeto “Minha igreja um Lugar seguro”, com vista a criação de políticas de proteção à criança e ao adolescente em uma igreja interessada.

Metas até 2023:

1. Implantar mais 11 unidades novas para atingir 110 unidades até 2023;
2. Alcançar mais 250 novas crianças para atingir o total de 4650 crianças;
3. Alcançar mais 35 novos missionários-educadores para atingir 320 ME’s;
4. Capacitar anualmente 150 pastores ou líderes das igrejas;
5. Acompanhar a implantação de projetos de sustentabilidade em pelo menos 1 igreja por região do país por ano;
6. Alcançar pelo menos 90% das unidades de PEPE no nível básico dos padrões de atuação até 2023;
7. Iniciar a implementação do novo programa de formação inicial e formação continuada dos missionários-educadores em 2022.

Ano de início: 2003

Coordenadora nacional: Anilza Quaresma

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Grande número de crianças em situação de vulnerabilidade social e sem acesso à educação infantil nas comunidades empobrecidas.

Objetivos:

1. Expandir o PEPE para novas áreas do país.
2. Capacitar a equipe de Missionários educadores do PEPE.
3. Consolidar o PEPE-VAI (Programa de Visitação de Apoio Infantil) nas unidades de PEPE.
4. Implementar o novo programa de capacitação.
5. Implementar o programa de sustentabilidade.

Metas até 2023:

Aumentar mais 2 unidades do PEPE .
Adequar o PEPE ao nível básico de atuação exigido pelo Programa em todas as unidades.
Expandir o PEPE para a cidade de Príncipe até 2023.
Finalizar o processo de legalização do PEPE no país no ministério da educação até 2022.
Implementar o projeto de sustentabilidade em 1 unidade.
Estabelecer parceria com a Associação das Igrejas Cristãs Evangélicas de São Tomé e Príncipe.
Implementar o Projeto “POPE” em todas as unidades.

África Ocidental 1

Ano de início: 2000

Coordenadora Nacional: Diva Monteiro

Motivação para o desenvolvimento do Programa: levar a Palavra de Deus às crianças, alcançar suas famílias e oferecer a oportunidade da Educação Pré-escolar.

Objetivos:

Expandir o PEPE para novas áreas do país.
Consolidar o PEPE-VAI (Programa de Visitação de Apoio Infantil) nas unidades de PEPE.
Capacitar pastores e líderes com a visão missional/ PEPE VAI
Implementar o plano de parceria a nível local

Metas até 2023:

1. Divulgar o PEPE pelas redes sociais no paíse apresentação em reuniões pastorais.
2. Visitar 100% das famílias do PEPE
3. Abrir 4 novas unidades em novas comunidades por meio de igrejas locais.
4. Buscar mais parceiros apoiadores e mantenedores.
5. Treinar 50 líderes e pastores na visão missional.
6. Participar de uma rede de proteção a criança.
7. Implementar os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.

Ano de início: 2016

Coordenadora Nacional: Stephanie Pauline Gomez

Motivação para o desenvolvimento do Programa: alto número de crianças em vilarejos carentes sem acesso à Educação Pré-escolar.

Objetivos:

Abrir duas unidades;
Visitar todas as famílias das crianças do PEPE/ PEPE VAI
Estabelecer parcerias com outras organizações e profissionais da saúde para a realização de palestras e atendimentos às crianças e as suas mães e outras senhoras da comunidade.
Sensibilizar os pais sobre a proteção da criança.

Metas até 2023:

Abertura de duas novas unidades.
Divulgar o PEPE em outras igrejas e missões.
Iniciar o novo programa de formação inicial e continuada dos missionários-educadores em 2022.
Formar a liderança local para melhorar o desenvolvimento das unidades.
Desenvolver os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.

Ano de início: 2010

Coordenadora Nacional: Enoca Nhaga Massé

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Evangelizar as crianças e suas famílias, ajudar as igrejas a fazer missões, levar dignidade e educação de qualidade às crianças em idade pré-escolar, valorizar as crianças preparando-as para ingressar na escola, oferecendo uma educação integral.

Objetivos:

Formar as igrejas na visão missional;
Implementar mais 6 novas unidades
Promover a proteção da criança entre as igrejas e comunidades
Preparar as crianças para entrar na escola.

Metas até 2023:

Orientar a implementação de duas novas unidadesnas regiões do país.
Acompanhar e monitorar a gestão de todas as unidades de PEPE.
Capacitar os líderes e missionários-educadores com o novo manual da implementação das unidades de PEPE.
Desenvolver os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
Implementar o novo programa de formação inicial e continuada dos missionários-educadores .
Capacitar uma igreja sobre a política de proteção à criança “Minha igreja um Lugar seguro”.

Ano de início: 2003

Coordenador Nacional: Momo Youla

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Ajudar a igreja local a estar em contato com as comunidades. Dar acesso as crianças sem oportunidade de se ingressarem no sistema educacional.

Objetivos:

Oferecer às crianças uma a oportunidade de ter uma boa educação que estimule o desenvolvimento integral, ajudar a comunidade a participar da educação das crianças.
Capacitar os ME’s
Formar a igreja local na visão missional
Divulgar o PEPE entre igrejas e missões evangélicas
Expandir o PEPE

Metas até 2023:

Fazer com que a unidade do PEPE seja um projeto-modelo de educação de qualidade.
Aplicar os padrões de atuação nível básico em todas unidades do PEPE.
Expandir o programa para novas regiões: Pita, Dubréka.
Consolidar o PEPE-VAI (Programa de visitação de apoio infantil) em 100% das unidades.
Colocar em ação os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
Estabelecer um acordos de parcerias com organizações locais.

Ano de início: 2014

Coordenadora nacional: Madame Guerline (em treinamento)

Motivação para o desenvolvimento do Programa: dificuldade de acesso à educação por grande parte da população infantil das comunidades e aldeias, e a desnutrição.

Objetivos:

O PEPE Haiti passa por um momento de reestruturação. Portanto estamos investindo esforços no sentido de reiniciar todo o processo de implementação de unidades do PEPE no país de acordo com as orientações do Programa.
1. Fortalecimento da unidade de PEPE existente.
2. Capacitação continuada dos missionários-educadores em atuação.

Metas para 2020:

1. Efetivar a coordenação nacional do PEPE.
2. Abrir pelo menos mais duas novas unidades de PEPE na capital
3. Realizar pelo menos três encontros de capacitação continuada com todos os missionários-educadores.

Ano de início: 2009

Coordenador Nacional: Amós Dembele

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Necessidade das crianças de terem acesso à educação e anunciar as boas novas do evangelho às crianças da região.

Objetivos:

Oferecer às crianças do Mali, em idade pré-escolar, o acesso à Educação Pré-escolar.
Levar às crianças e famílias a conhecerem as boas novas do Evangelho.
Implementar mais unidades no país.
Divulgar o PEPE nas mídias, redes sociais e reuniões pastorais
Formar as igrejas na visão missional.
Capacitar os ME’s

Metas até 2023:

Abertura de mais duas novas unidades no país.
Implementação de projetos complementares como: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
Capacitar 100 líderes sobre a proteção à criança.
Visistar todas as famílias do PEPE- PEPE VAI
Desenvolver o novo plano de formação de base e continuada.
Formar uma igreja sobre a proteção à criança “Minha igreja um lugar seguro”.

Ano de início: 2007

Coordenadora Nacional: MARIE SIMONE NANGO

Motivação para o desenvolvimento do Programa: ajudar as igrejas locais a serem relevantes em suas comunidades oferecendo às crianças uma boa preparação pré-escolar que estimule o seu desenvolvimento social e espiritual.

Objetivos:

Expandir o número de unidades de PEPE em diferentes áreas do país.
Promover Formação inicial e continuada de toda a equipe do PEPE.
Formar ME e líderes locais
Capacitar sobre a política de proteção à criança.
Implementar os projetos complementares
Divulgar o PEPE

Metas até 2023:

Realizar o diagnóstico deuma novas área.
Realizar a formação inicial e continuada de acordo com o novo plano.
Capacitar uma igreja sobre a política de proteção “Minha igreja um lugar seguro”
Desenvolver os projetos complementares POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
Divulgar o PEPE nas redes sociais e reuniões pastorais.
Participar de uma rede de proteção à criança

Ano de início: 2006

Coordenadora Nacional: Cecília M. S. Kamara

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Necessidade de alcançar uma área dominada por muçulmanos, que tem um grande número de população infantil sem acesso a educação formal.

Objetivos:

Atuar com excelência operacional nas unidades de PEPE para melhor alcance das crianças e promoção do desenvolvimento comunitário.
Treinar o coordenador de área e equipe do Oeste.
Promover nas unidades os projetos complementares
Identificar voluntários da área da saúde para fazer consultas.
Expandir o PEPE
Capacitar os ME’s à partir do novo plano de formação inicial e continuada
Sensibilizar igrejas e comunidades sobre a politica de proteção à criança

Metas até 2023:

1. Expandir o PEPE para uma novas áreas do país.
2. Estabelecer um acordo de parceria e apoiadores.
3. Guiar a implementação dos padrões de atuação em todas as unidades para que 90% das unidades alcancem pelo menos o nível básico exigido pelo programa.
4. Implementar os projetos complementares: POPE em 90% das unidades e Projeto de Nutrição e Saúde em 30% das unidades.
5. Capacitar uma igreja sobre a política de proteção “Minha igreja um lugar seguro”.

África Ocidental 2

Ano de início: 2019

Coordenador nacional: Midokpè Lèvi KOUDJO

Motivação para o desenvolvimento do Programa: País com alta taxa de crianças sem acesso à educação, segundo dados do governo 85,7% das crianças na faixa etária atendida pelo PEPE não têm acesso à educação. O país conta também com grande número de PNA (Povos não alcançados) e as igrejas locais desejam ser preparadas para trabalhar com esse público.

Objetivos:

Participar no desenvolvimento das comunidades onde o PEPE estiver inserido.
Contribuir para a inserção de meninas no sistema escolar, através da expansão do Programa para mais comunidades no país, especialmente na zona rural.
Desenvolver atividades de sensibilização sobre direitos e proteção da criança.
Promover capacitação inicial e continuada da equipe para oferecer uma educação de qualidade e contextualizada com o sistema educacional do Benim.
Construir parcerias com organizações locais que atuem na defesa de direitos das crianças e no desenvolvimento da infância no país.
Ampliar colaboração com as igrejas locais no desenvolvimento de projetos de plantação e fortalecimento de igrejas entre os PNA (Povos Não Alcançados) do país, e na consolidação de uma visão missionária de cada crente.

Metas até 2023:

Fomentar o desenvolvimento em uma comunidade em situação de vulnerabilidade.
Promover o acesso à educação de crianças em idade pré-escolar, sendo 52% de meninas.
Garantir atividades de Advocacy sobre direitos e proteção da criança com os pais, a igreja, a comunidade.
Implementar o novo sistema de formação inicial e continuada para equipe do PEPE no país.
Participar de pelo menos uma rede local que trabalhe com proteção e outras temáticas relacionadas à criança.
Construir e manter parcerias com duas igrejas locais visando a estratégia da transmissão de DNA missionário.

Ano de início: 2016

Coordenadora nacional: Afi-Kuma DJOMAKOU

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Além de atender ao pedido do governo local para ajudar a facilitar o acesso das crianças à educação, também visa contribuir com a igreja local na sua busca por alcançar os 22 PNA (Povos não alcançados) existentes no país. Outro desafio é o acesso e permanência de meninas na escola, enquanto que entre os meninos a taxa de permanência é de quase 60%, entre as meninas essa taxa não chega a 40% segundo dados do Ministério da Educação.

Objetivos:

Participar no desenvolvimento das comunidades onde o PEPE estiver inserido.
Contribuir para a inserção de meninas no sistema escolar, através da expansão do Programa para mais comunidades no país, especialmente na zona rural.
Desenvolver atividades de sensibilização sobre direitos e proteção da criança.
Promover capacitação inicial e continuada da equipe para oferecer uma educação de qualidade e contextualizada com o sistema educacional do Togo.
Construir parcerias com organizações locais que atuem na defesa de direitos das crianças e no desenvolvimento da infância no país.
Ampliar colaboração com as igrejas locais no desenvolvimento de projetos de plantação e fortalecimento de igrejas entre os PNA (Povos Não Alcançados) do país, e na consolidação de uma visão missionária de cada crente.

Metas até 2023:

Fomentar o desenvolvimento em uma comunidade em situação de vulnerabilidade.
Promover o acesso à educação de crianças em idade pré-escolar, sendo 52% de meninas.
Garantir atividades de Advocacy sobre direitos e proteção da criança com os pais, a igreja, a comunidade.
Implementar o novo sistema de formação inicial e continuada para equipe do PEPE no país.
Participar de pelo menos uma rede local que trabalhe com proteção e outras temáticas relacionadas à criança.
Construir e manter parcerias com duas igrejas locais visando a estratégia da transmissão de DNA missionário.

Sudeste da Ásia

Ano de início: 2020

Coordenador Nacional: Pr. Vilas Raypure

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Alto índice de crianças em situação de vulnerabilidade social e sem acesso à Educação Pré-escolar adequada.

Objetivos:

1. Implementar duas novas unidades na cidade de Mumbai.
2. Fortalecer e expandir o PEPE na Índia.
3. Implementar o plano de capacitação continuada para o coordenador e ME’s

Metas até 2023:

1. Ter 100% da equipe participando ativamente nas formações continuadas.
2. Organizar e estabelecer o comitê de pais em 100% das unidades do PEPE.
3. Ter 100% das famílias das crianças do PEPE visitada mensalmente.
4. Capacitar 60% de líderes locais a respeito de sua responsabilidade missional.

Ano de início: 2016

Coordenadora Nacional: Madalena Marques

Motivação para o desenvolvimento do Programa: Levar esperança aos corações das crianças e suas famílias, amando-as como Cristo as ama.

Objetivos:

1. Implementar novas unidade do PEPE no país.
2. Implementar o comitê de pais em todas as unidades.
3. Cooperar no fortalecimento e plantação de igrejas com visão missional.
4. Manter e fortalecer o programa do PEPE-VAI.

Metas até 2023:

1.Ter 100% da equipe participando ativamente das formações continuadas presencial e virtual.
2. Ter 100% das unidades com comitê de pais formado e funcionando ativamente.
3. Ter 100% da liderança local treinada em sua visão missional.
4. Ter 100% das famílias das crianças dos PEPE’s sendo visitadas mensalmente.